14 maio 2007

Ainda vendendo palavras

Como elogio da própria boca é vitupério, uso a boca de outrem para me auto-elogiar.

O trecho abaixo é um "abre" para o Vendedor de Palavras, crônica minha publicada no espaço underground Lágrima Psicodélica. (http://lagrimapsicodelica.blogspot.com).

Aproveito o comentário para avisar que não publico crônicas em arquivos Power Point. Se alguém receber alguma mensagem com musiquinha melosa com paisagens ao fundo não foi obra minha. Uma campanha por um mundo menos piegas!

"O texto a seguir foi-me enviado por e-mail e há muito não me cai em mãos algo tão bom.

É ótimo quando nos enviam coisas assim e, melhor ainda, sem aquelas apresentações em pps com letras em profusão caindo em cascata à frente de uma paisagem e com Kenny G tocando ao fundo. São minutos intermináveis. Atualmente, basta o campo 'Assunto' apresentar títulos como 'Muito Lindo', 'Lindo Demais', 'Linda Mensagem' ou, pior, qualquer uma destas acompanhada de '(Com Som)' que mando pra lixeira sem dó. Mas não adianta, sempre aparece um outro contato que te envia novamente!

Aqui, nada mais temos que um texto inteligente, edificante, esclarecedor e exposto de maneira direta. E recheado de humor.

Um primor.

Sinceramente, não conheço o autor, Fábio Reynol, mas já vou pesquisar o cara.

Me vendeu suas palavras direitinho, o sacana."

2 comentários:

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Oi, Fábio, aqui é o sacana que, carinhosa e respeitosamente, te chamou de sacana e disponibilizou seu texto no Gravetos & Berlotas (onde sou Comandante-em-Chefe) e no Lágrima Psicodélica, onde sou apenas colaborador.
Mil parabéns e continue mandando sempre bem e com esse humor afiadamente crítico e mordaz.
Vou colocar seu Diário da Tribo entre os links recomendados lá no G&B.
Pelo visto compartilhas da minha aversão por aquelas mensagens em pps e com musiquinha de Richard Clayderman, Kenny G e outros ainda menos votados. Estou até pensando em fazer uma campanha contra essas mensagens.
Se precisar de umas assinaturas para um projeto de lei tornando esse tipo de mensagem crime hediondo, portanto inafiançável, entro em contato, ok? hehehe
Abrações,
Edson d'Aquino

Janete Stela disse...

Ahhhhh!!! Estamos mais pertos de conquistar aquela cadeira e aquela toga!!
Bjos de todas nós!